O INPI divulgou o estudo “Panorama das patentes depositadas no INPI descrevendo métodos de diagnósticos para Coronavírus e outras viroses respiratórias”, produzido pelo Observatório de Tecnologias Associadas à Covid-19. O pico de depósitos se deu entre os anos de 2004-2012, época das epidemias de SARS e MERS, causadas por Coronavírus.

Foram recuperados 371 documentos e, após leitura dos resumos, identificaram-se 141 pedidos de patente depositados no INPI que se referem ao diagnóstico de viroses respiratórias, incluindo também viroses respiratórias de animais. De 107 depositantes identificados, destacam-se 79 norte-americanos, 13 franceses e 12 holandeses.

fonte: http://www.inpi.gov.br/noticias/observatorio-covid-19-faz-estudo-sobre-patentes-de-metodos-diagnosticos

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *